Alumni de sucesso: Os diferentes percursos profissionais dos estudantes de Direito

Quarta-feira, January 20, 2021 - 14:27

Fique a conhecer o trajeto de dois alumni que partilham a mesma formação académica, percecionando-a como um dos motivos para o êxito da sua vida profissional.

Henrique Monteiro iniciou o seu percurso académico com uma licenciatura em Direito, concluiu a parte letiva do mestrado em Direito e Gestão e fez parte da primeira turma da Pós-Graduação em Organização e Gestão no Futebol Profissional, em 2016.

Atualmente é Business Development Consultant na Liga Portuguesa de Futebol Profissional, onde iniciou o seu percurso profissional como consultor jurídico, cujas principais funções eram “analisar, problematizar, expor e enquadrar questões jurídicas nas diferentes áreas do futebol profissional”, explica.

Ainda que de momento se dedique à pesquisa e análise de novas áreas de fluxos de receita e ao desenvolvimento de estudos de mercado e estratégia de internacionalização da Liga Portugal, reconhece que o estudo jurídico contribuiu de diversas formas para o seu desenvolvimento profissional: ”a formação em Direito promoveu a aquisição de capacidades transversais, essenciais ao exercício da minha atividade profissional, adicionalmente foi fundamental para uma formação integral, do ponto de vista humano e ético.”

Em 2006, Ana Margarida Teixeira terminou a licenciatura em Direito. Dois anos depois, participou num curso de formação avançada da Faculdade e no ano seguinte frequentou a fase curricular do mestrado na área jurídico-empresarial.

Através deste percurso, aprendeu que a planificação, o foco e a execução seriam essenciais para os primeiros passos enquanto advogada. Conseguiu, ainda, potenciar diversas aptidões que contribuíram para o seu sucesso profissional: “Dedicação, proatividade, resiliência e adaptabilidade creio que foram as competências que adquiri e que contribuíram para o que sou hoje.”

Desde março de 2015, exerce funções de gestora de processos de crianças e jovens em perigo na CPCJ de Guimarães. Como a área social é uma das suas paixões, também intervém junto das vítimas de violência doméstica na Associação de Defesa dos Direitos Humanos de Guimarães.

Salientando a exigência do ensino, aconselha todos os estudantes a candidatarem-se à Faculdade de Direito e a usufruírem da experiência: “se aproveitarem todos os conhecimentos e ferramentas que vos dão, tudo se tornará mais fácil. No meu entender, dizermos que a nossa licenciatura foi na Católica, é uma vantagem. Todos reconhecem o seu valor. “